Com exceção dos EUA e do Japão, a criptologia está disponível em todo o mundo